Blog Pioneira

Senado nomeia Padre Theodor Amstad patrono do cooperativismo brasileiro

23/09/2019
Senado nomeia Padre Theodor Amstad patrono do cooperativismo brasileiro | Blog Sicredi Pioneira

O Plenário do Senado Federal aprovou nesta quarta-feira, 27 de agosto, o projeto de lei que concede ao padre suíço Theodor Amstad (1851-1938) o título de Patrono do Cooperativismo Brasileiro. O projeto de lei ainda aguarda sanção presidencial.

Desde 2003, Amstad já possui o título de Patrono do Cooperativismo no Rio Grande do Sul. A nomeação reconhece o pioneirismo do padre que idealizou e liderou – em 1902 – a criação da primeira cooperativa de crédito da América Latina, a Caixa de Economias e Empréstimos Amstad, atual Sicredi Pioneira RS, mais antiga instituição financeira privada em funcionamento no país.

“A história da nossa fundação é, também, a história da origem do cooperativismo no Brasil e na América Latina. Por isso, o reconhecimento nacional ao trabalho de Amstad é um orgulho para a cooperativa e uma conquista que deve ser comemorada”, diz Tiago Schmidt, presidente da Sicredi Pioneira RS.

Além da criação da Sicredi Pioneira RS e da disseminação do cooperativismo em outras localidades do país, Theodor Amstad também foi o primeiro a elaborar as diretrizes para a constituição de cooperativas no Brasil, em 1902. O governo brasileiro editaria a primeira legislação sobre o cooperativismo somente no ano de 1907.

Símbolo da cultura cooperativista no Brasil, Amstad foi visionário ao apostar em um modelo econômico baseado na cooperação entre as pessoas e que hoje é considerado uma importante ferramenta de transformação socioeconômica em todo o mundo.

Quer saber mais sobre a história do padre Theodor Amstad e da Sicredi Pioneira RS? Acesse a nossa linha do tempo!